Comunidade FEMINA

Saúde FEMINA #5: Como escolher o protetor solar?

Por Rita Borba.

O sol está mais forte a cada dia e os altos níveis de raios ultravioleta podem provocar maior sensibilidade da pele, tendência a queimaduras, manchas, envelhecimento precoce e, principalmente, cancro de pele!

As mulheres têm menor probabilidade de desenvolver cancro de pele do que os homens e o estudo Men’s Attitudes and Behaviors About Skincare and Sunscreen Use Behaviors 2021, publicado no Journal of Drugs in Dermatology indica que 83% dos homens não usa protetor solar diariamente. Como referido no último artigo Saúde Femina “Beleza Inclusiva”, a pele masculina apresenta características diferentes e um dos motivos para a não utilização de proteção, relatado no estudo, foi o facto de a publicidade dos protetores solares ser direcionada exclusivamente para mulheres. Outro impedimento foi a textura dos produtos por serem demasiado oleosos.

O mercado da proteção solar tem vindo a desenvolver texturas cada vez mais leves e formulações adaptadas a diferentes problemas de pele, mas como escolher o protetor solar ideal?

FATOR DE PROTEÇÃO SOLAR
FPS ou SPF – Sun Protection Factor – determina o tempo de exposição aos raios solares sendo a capacidade do produto para filtrar a radiação UVB capaz de danificar o DNA da pele diretamente e provocar queimaduras.

O sistema PPD – Persistent Pigment Darkening – protege contra a radiação UVA que pode penetrar profundamente a pele e causar envelhecimento e danos a longo prazo como rugas e manchas.

Existem 4 níveis de proteção: baixo (fator 6 a 10), médio (15 a 25), alto (30 a 50) e muito alto (50+). Os especialistas recomendam o uso de um protetor solar com fator mínimo de 30 mas idealmente 50+, independentemente da tonalidade da pele. Alguns produtos têm indicação no rótulo do sistema PPD, e neste caso, tal como o FPS, quanto mais alto mais forte e mais longa será a proteção.

TIPO DE FILTRO SOLAR
Os filtros químicos absorvem as radiações UV e transformam-nas em calor e os filtros minerais ou físicos protegem a pele ao refletir a luz solar. Estes últimos apresentam, na maioria das marcas, embalagens de cor branca e são os mais indicados para peles sensíveis, em casos de problemas dermatológicos, alergias, sensibilidade ao sol e em crianças com menos de 3 anos.

TEXTURAS
Todos os anos surgem novos protetores solares com texturas mais leves, fluídas e em gel que são mais rapidamente absorvidas pela pele evitando aquela sensação pegajosa.
Com tantas alternativas disponíveis fica cada vez mais difícil escolher quais as texturas ideias para cada pele e zona do corpo, por isso seguem aqui alguns exemplos:

Creme: pele normal a seca, rosto e corpo.

Loção/leite/spray/óleo: pele normal a seca, texturas mais leves do que o creme que facilitam a aplicação nas zonas maiores do corpo.

Gel: pele oleosa com tendência acneica e áreas com pelo. Normalmente é a textura preferida dos homens.

Stick: ideal para a proteção dos lábios, ao redor dos olhos e outras zonas sensíveis como sinais ou cicatrizes.

Bruma: textura refrescante com propriedades hidratantes e antioxidantes para todo o tipo de pele.

CUIDADOS ESPECÍFICOS
Existem ainda produtos com proteção solar específicos para determinados problemas de pele em que para além do tipo de filtro, têm ingredientes especiais para pele sensível, reativa, intolerante e suscetível a alergias, manchas, rugas, cicatrizes, rosácea, etc.
Com a chegada do verão aumentam as atividades ao ar livre e a utilização de roupa e calçado mais leve promovendo uma maior exposição da pele e cabelo aos raios solares, o que justifica cuidados redobrados nesta altura do ano.

Mais importante do que escolher o protetor solar ideal é a reaplicação regular. Os produtos com filtros solares são resistentes à água, não permitindo o bloqueio por isso recomenda-se, a cada imersão, a reaplicação a cada 60, ou no máximo 90 minutos.  Nos dias mais quentes, também é importante usar acessórios como chapéus, procurar por locais à sombra e claro, nunca esquecer a importância da ingestão de água para manter o organismo e a pele hidratados.

A prevenção só depende de nós, protejam-se do sol!

Rita Borba.

Farmacêutica especialista em Cosmética e a frequentar uma pós-graduação em Gestão e Marketing, tenho um fascínio pela Comunicação e a necessidade de escrever com o objetivo de contribuir para a literacia na saúde, beleza e bem-estar. 
Apaixonei-me pela música ainda antes de saber ler nem escrever e em 2021, aventurei-me a soltar a voz no universo pop português!
Nos tempos livres perco-me a ouvir música e podcasts no Spotify, a fotografar e a ler sobre marketing e cosmética. No FEMINA pretendo partilhar conteúdos despertando para a importância da saúde da mulher no empoderamento e igualdade.


Contactos e parcerias:

podcast@femina.pt
vanessa@femina.pt